Mostrando postagens com marcador F-5M. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador F-5M. Mostrar todas as postagens

domingo, 20 de agosto de 2017

Em ações cinematográficas, caças F-5 M da ALA 2 (antiga BAAN) fazem 12 interceptações por mês


Por: Redação OD

A 164km de distância do Congresso Nacional, na base da Força Aérea Brasileira (FAB), em Anápolis (GO), caças supersônicos desafiam a gravidade diariamente em combates dignos de cinema. Por cerca de uma hora, são disparados tiros e Flares (bolas de fogo para desviar os mísseis infravermelhos). Há até reabastecimento das aeronaves no ar. A ação faz parte do treinamento de combate dos militares do 1º Grupo de Defesa Aérea (1° GDA), também conhecido como Esquadrão Jaguar.Os exercícios são realizados para manter excelência e fazer com que os pilotos atuem com exatidão na proteção do Centro-Oeste.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Tudo que você precisa saber sobre Reabastecimento em voo (REVO)


Por: Redação OD
Já viu um avião entrar em contato com outro durante o voo? Isso é reabastecimento em voo, ou, simplesmente, REVO!  Já tentou abastecer um carro em movimento?!?! Imagina abastecer uma aeronave, com adversidades como o tempo. E você deve estar se perguntando: Por que abastecer em voo? Quer saber como acontece? Quais aeronaves são capazes de fazer isso? Se liga!! Primeiramente, você deve saber porque ocorre o reabastecimento em voo, já que uma aeronave pode abastecer em terra.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Caças A-1 e F-5 M treinam combate em cenário simulado


Por: Redação OD
Durante o Exercício Sabre, os esquadrões equipados com aeronaves A-1 participam de ações de ataque e supressão de defesa aérea inimiga. O objetivo é atacar os alvos defendidos por unidades de defesa antiaérea, equipadas com mísseis IGLA S. Mais de 30 aeronaves de caça estão envolvidas na operação, que vai até dia 30 de junho, na Base Aérea de Anápolis (BAAN), em Goiás. Para cumprir as tarefas, os strikers, como são conhecidas as aeronaves que realizam missões ar-solo, podem estar equipados de armamento, simulando o emprego de bombas guiadas a laser ou, também, realizar o emprego convencional adentrando no território inimigo em navegação à baixa altura.A segurança dos ataques e das aeronaves é garantida pelos caças F-5M, responsáveis pela patrulha aérea de combate e que fazem a escolta do A-1.