Mostrando postagens com marcador Embraer. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Embraer. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Incidente com o KC 390 ocorrido no início de maio causou danos aos trens de pouso e a fuselagem, revela EMBRAER


Por: Redação OD
A Embraer, nesta quinta-feira dia 10/05, informou em um comunicado à imprensa que o incidente ocorrido no último dia  5 de maio com o protótipo 001 do cargueiro KC-390, matrícula PT-ZNF, quando o mesmo saiu da pista de testes, teve danos aos trens de pouso e à fuselagem da aeronave, mas que a previsão de entrega da primeira unidade do modelo no quarto trimestre deste ano, está mantida junto ao cronograma da empresa.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Ministro da Defesa, diz que acordo entre Embraer e Boeing deve ser fechado ainda este ano. Acordo prevê aquisição de fábricas em Portugal

Foto: Roosevelt Cassio|Reuters
Por: Redação OD

O Ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, declarou estar otimista com o andamento das negociações para a associação da Embraer com a  Boeing. Onde espera-se que as empresas fechem tal acordo ainda esse ano, que não houve nenhum recuo nas tratativas que começaram no ano passado, mas as negociações são complexas dada a exigência do Brasil de preservar o braço estratégico da fabricante nacional, “As empresas buscam um caminho de ganha ganha entre elas. Esse caminho está sendo encontrado”, disse ele a jornalistas. O que se busca é preservar o lado de Defesa da Embraer, completou o ministro Silva e Luna, frisando que as reuniões de trabalho do grupo montado dentro do governo para cuidar da parceria entre as duas, das maiores fabricantes de aeronaves, estão andando e não houve nenhum recuo. O acordo está em uma fase bem avançada e é coisa para se findar esse ano ainda (…) Estou otimista demais.” destacou.

domingo, 6 de maio de 2018

Vídeo mostra o KC-390 fora da pista após incidente na sede da EMBRAER de Gavião Peixoto (SP)


Por: Redação OD

O protótipo 001 da aeronave de transporte e reabastecimento KC-390 (PT-ZNF), maior avião já construído no Brasil, sofreu um incidente na sede da EMBRAER em Gavião Peixoto (SP), quando o mesmo realizava testes de prova em solo, na manhã deste sábado dia 05. Segundo a Embraer, a tripulação deixou a aeronave em segurança e sem ferimentos. A equipe de apoio foi acionada imediatamente. Imagens aéreas mostram a distância que o avião percorreu depois de sair da pista até conseguir parar. Perto da aeronave, que estava com partes cobertas por lona, havia caminhões do Corpo de Bombeiros. A Embraer informou que iniciou a investigação das causas do incidente. A ocorrência foi comunicada ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave estava com partes cobertas para preservar o local.

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Embraer projeta primeira entrega do KC-390 à Força Aérea Brasileira "mais para perto do final do ano", revela executivo


Por: Redação OD
Durante videoconferência com jornalistas para a divulgação dos resultados da empresa durante o 1º trimestre de 2018, executivos da Embraer, revelaram que a empresa tem uma previsão de entrega o primeiro cargueiro militar de produção nacional, o KC-390, para a Força Aérea brasileira "mais para perto do final do ano corrente", revelou um dos executivos nesta sexta-feira, atualizando uma projeção da própria empresa, de que a primeira entrega seria em início de 2018. Ainda, durante a videoconferência, os executivos também falaram que não esperam ver outro aumento nos próximos trimestre de baixas contábeis no portfólio de aeronaves usadas ERJ-145. “Baixas pressionaram ‘outros’ gastos operacionais para U$S 29,7 milhões no primeiro trimestre, mas a linha deve retrair para cerca de U$S 20 a 25 milhões por trimestre no restante do ano", disse um dos executivos.
*Com Informações de Agências de Notícias Nacionais

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Reunião de negociação entre Boeing e Embraer para a criação de nova empresa avança, mas novo entrave surge


Por: Redação OD

Durante reunião realizada nesta quinta (19) em Brasília, avançou-se na tratativa de uma solução dos entraves à parceria entre a empresa norte-americana Boeing e a brasileira Embraer, sendo que fora identificado novos problemas, onde os quais podem vir a emperrar sua concretizaçãoO grupo de trabalho do governo ficou satisfeito com o encaminhamento da última versão da proposta da gigante americana e da fabricante brasileira, mas a questão da composição do conselho da nova empresa, que será criada por elas está sendo uma dor de cabeça.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Associação entre a Boeing e a Embraer prevê recursos para área de defesa, como forma de sustentabilidade ao segmento


Por: Redação OD
A nova proposta de associação entre  as empresas Boeing e Embraer prevê que o braço da companhia brasileira na área de defesa fique fora do negócio, mas tenha participação nas receitas da parceria que as duas empresas pretendem firmar. Segundo fontes a par das negociações, que avançaram esta semana com a entrega de um memorando ao grupo de trabalho do governo que examina o negócio, a previsão de um fluxo de receitas para garantir a sustentabilidade dos projetos vinculados às Forças Armadas é fundamental para que o Planalto dê o aval à operação.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Presidente da Embraer se diz otimista sobre o acordo com a Boeing


Por: Redação OD

Durante conversa com jornalistas no Chile, onde está ocorrendo a FIDAE 2018, o presidente da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, afirmou ontem que está otimista com um possível acordo com a Boeing. "Existe um desafio de atender aos requisitos de todas as partes, mas estou otimista", comentou a jornalistas após evento da empresa. O executivo reiterou que não há um prazo certo para que as empresas fechem a estrutura do eventual negócio. Embora reconheça que o mercado demanda certa agilidade nas negociações, Silva salientou que a operação é complexa e deverá atender às expectativas de todas as partes.  Ainda de acordo o presidente da Embraer, a mudança do ministro da Defesa - de Raul Jungmann pelo general Joaquim Silva e Luna - não atrapalhou o andamento dos trabalhos com o grupo técnico, que seguem "muito bem".

quarta-feira, 28 de março de 2018

Negociação Boeing/Embraer está concentrada na área da defesa. Fontes dizem que as discussões têm sido "construtivas"


Por: Redação OD
As conversas sobre uma  possível fusão entre Boeing e Embraer continuam concentradas na área de defesa da companhia brasileira, tanto do ponto de vista da soberania do governo do Brasil quanto da sustentabilidade do negócio. A percepção de fontes próximas ao negócio é de que as discussões têm sido "construtivas" e de que houve evoluções no decorrer das conversas. Não há, contudo, clareza sobre quando um acordo poderia ser alcançado. Em declarações recentes, o presidente executivo da Boeing, Dennis Muilenburg, disse que a fabricante de aeronaves norte-americana vê um "excelente encaixe estratégico" em uma possível aquisição da Embraer, mas frisou que a operação não é essencial para o grupo norte-americano.

quinta-feira, 8 de março de 2018

Embraer não atingiu meta de lucro em 2017 devido a testes de voo do KC-390. Custo de US$ 50 mi a mais afetou Ebit e Ebitda


Por: Redação OD
Durante entrevista a jornalistas nesta quinta feira (08), o vice-presidente executivo de Finanças e Relações com Investidores da Embraer, José Filippo, revelou que a Embraer não atingiu a meta de lucro do ano passado devido a custos adicionais inesperados com ensaios de voo do novo cargueiro militar KC-390. Em novembro, a Embraer disse que interrompeu os voos do primeiro protótipo do KC-390, que deve entrar no serviço este ano, depois que um teste de stall levou o avião de transporte para além dos limites operacionais, revelando ainda que o avião já retomou aos ensaios de voo.

sexta-feira, 2 de março de 2018

Embraer E190-300 é certificada pela ANAC e validada por FAA e EASA no mesmo dia


Por: Redação OD

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) protagonizou, de forma inédita, o primeiro processo de certificação de aeronave de grande porte no mundo ao emitir o certificado de tipo para o modelo E190-300 da Embraer, comercialmente chamado de E2. A certificação emitida nesta última quarta-feira, dia 28 de fevereiro, foi validada no mesmo dia pelas autoridades de aviação americana, Federal Aviation Administration (FAA), e europeia, European Aviation Safety Agency (EASA)Foi a primeira vez que um programa aeronáutico com o nível de complexidade do E190-300, foi certificado simultaneamente por três das maiores autoridades internacionais de aviação, tendo à ANAC a frente. 

quinta-feira, 1 de março de 2018

Troca na Defesa não afeta negociação com a Boeing, afirma Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer


Por: Redação OD

O presidente da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, disse que a troca na pasta do ministério da Defesa não afeta as negociações que a empresa tem com o governo para combinar operações com a americana Boeing, mas admitiu que precisa ser apresentado ao novo ministro e retomar as conversas para provar à Brasília que a parceria com a fabricante dos Estados Unidos é a melhor opção para a companhia aeroespacial brasileira. "A troca de comando na Defesa não afeta a interlocução com governo", disse Souza e Silva a jornalistas, após evento em São José dos Campos, quando a Embraer recebeu as certificações das agências de aviação do Brasil (Anac), Estados Unidos (FAA) e Europa (EASA) para o novo E190-E2, primeiro jato da nova família de aeronaves da companhia que começa a ser entregue aos clientes neste ano.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Futura nova empresa constituída entre Boeing e Embraer, terá 51% do controle nas mãos da empresa norte-americana


Por: Redação OD

A Boeing terá uma participação de 51% na nova empresa, a qual está atualmente em negociação com a brasileira Embraer. A gigante americana aceitou a exigência do governo brasileiro de que a empresa norte-americana não tenha mais do que uma participação controladora. A Boeing não respondeu imediatamente a pedidos de comentários, e a Embraer afirmou que não vai comentar a informação. A aprovação do governo brasileiro para uma parceria entre as duas que criaria uma nova empresa focada na aviação comercial, excluindo a unidade de defesa da Embraer, foi algo colocado em pauta durante reunião entre a empresa americana e o governo brasileiro, reportou a Reuters há três semanas.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Embraer estuda entrar novamente no mercado de aeronaves turboélice


Por: Redação OD

A Embraer está estudando entrar no mercado de turboélices, aeronaves de menor porte que costumam ser operadas em rotas regionais, afirmou Rodrigo Souza e Silva, vice presidente de Marketing da divisão de Aviação Comercial. De acordo com o executivo, essa aposta estaria em linha com a estratégia da empresa de ser a líder no segmento de até 150 assentos. “Com o E2, estamos nos posicionando na faixa de cima. O que estamos olhando agora são aviões menores, de outras capacidades ou outros segmentos”, disse a jornalistas após evento da empresa. Silva conta que a Embraer tem interagido com vários clientes, que vêm com bons olhos a possibilidade de a empresa trazer um produto para esse mercado.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

CEO da Boeing, Dennis Muilenburg, diz que acordo com Embraer é estratégico, mas não imprescindível


Por: Redação OD

A fabricante de aeronaves americana Boeing vê um “excelente encaixe estratégico” em uma possível aquisição da Embraer. No entanto, a operação não é essencial para o grupo norte-americano, disse nesta quarta-feira, 21, o presidente executivo da Boeing, Dennis Muilenburg. A empresa não vai arriscar tudo no diálogo com a Embraer, salientando que ainda pode afastar-se do negócio. "Este seria um grande avanço para a nossa estratégia, mas não é imprescindível", afirmou Muilenburg em evento de investidores em Miami, Estados Unidos, organizado pelo Citigroup. "Na realidade estamos trabalhando nisso há muitos anos", disse Muilenburg, descartando informações de que a Boeing está preocupada com o recente acordo entre a rival europeia Airbus e a fabricante canadense Bombardier.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Embraer deve fabricar peças para a Boeing, ajudando assim verticalizar a produção das aeronaves


Por: Redação OD

Se a venda Embraer se confirmar, a empresa brasileira ajudará a verticalizar a produção de peças e componentes da Boeing. Desde 2016, a gigante americana procura diminuir sua dependência dos fornecedores, que têm dificuldade de acompanhar seu ritmo de produção. "Nas últimas décadas, a Boeing perdeu essa capacidade de produzir peças. Mas a Embraer fabrica coisas que a Boeing não faz, como trens de pouso, interiores de aeronaves e softwares de aviônica", diz uma fonte envolvida nas negociações. A estratégia tem potencial para aumentar o lucro da empresa americana.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Embraer e a empresa luso-australiana Skytech assinam carta de intenção para a aquisição de até 6 cargueiros KC-390


Por: Redação OD
A Embraer assinou nesta segunda-feira (05) uma carta de intenção para venda de até seis aeronaves cargueiros KC-390 para o grupo luso-australiano Skytech, afirmou a fabricante brasileira de aviões ao mercado. O acordo foi assinado durante a feira de aviação de Cingapura (Singapore Air Show) e ocorre durante negociações da Embraer para uma aliança com a norte-americana Boeing. O KC-390, maior avião já desenvolvido no Brasil, contou com investimentos de quase 2 bilhões de reais pela Força Aérea Brasileira.

Proposta de parceria da Boeing com a Embraer atende ao modelo de negócio pensado pelo governo brasileiro


Por:Redação OD

Depois de duas tentativas que esbarraram na posição do governo brasileiro, a Boeing mudou a estratégia e avançou na direção apontada pelo Planalto de que o caminho viável de entendimento é uma parceria com a Embraer. O governo já havia sinalizado que aceitaria proposta de criação de uma terceira empresa, mesmo com a americana sendo acionista majoritária, que é o caminho que se firmou nos últimos dias pela gigante mundial. Ainda assim, há uma série de questões a serem resolvidas para que se chegue a um formato final viável comercialmente e que ainda gere efeitos positivos ao Brasil e à Embraer.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Embraer e Boeing chegam a acordo para a criação de uma nova empresa. A área militar da Embraer não fará parte


Por: Redação OD

Embraer e a Boeing podem ter chegado a um acordo sobre a parceria e proposta de fusão entre as duas empresas. De acordo com a coluna da jornalista Miriam Leitão, no site O Globo, a Embraer aceitou a proposta da americana para a criação de uma terceira empresa, que ficará encarregada da operação comercial. A nova companhia, segundo a coluna, não inclui a parte militar do negócio, que era motivo de entrave nas conversas entre as fabricantes de aeronaves. As conversas sobre uma possível fusão entre as duas empresas foram divulgadas pela primeira vez em dezembro do ano passado. O negócio pode valer até U$S 6 bilhões.

Em entrevista a Globonews, Ministro da Defesa Raul Jungmann, diz que 'governo federal torce' para Embraer firmar acordo com Boeing


Por: Redação OD
O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que o governo federal torce para que a fabricante brasileira de aviões Embraer firme um acordo com a norte-americana Boeing, desde que isso não implique em poder externo sobre a Embraer. As empresas discutem um acordo desde o ano passado. " O governo quer que dê certo, e torce para dar certo. Eu, inclusive, me reuni com o diretor financeiro da Boeing e sua equipe e disse a ele: 'olha, encontre uma maneira, sejam criativos' “, afirmou o ministro durante entrevista ao programa Globonews (Clique aqui e assista), exibido na noite desta última quinta-feira, dia 1°.Para o ministro, é preciso criar-se um tipo de parceria que impeça que outro governo tenha poder sobre a Embraer, responsável por projetos do governo federal.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Michel Temer diz que vetará possível transferência de controle da Embraer para a Boeing


Por: Redação OD

O Presidente Michel Temer durante entrevista no dia de hoje (29) a Rádio Bandeirantes, afirmou que irá vetar a transferência do controle da Embraer para a empresa norte-americana Boeing, caso ela ocorra, conforme foi cogitado por dirigentes da empresa. “Não vamos abrir mão do controle da Embraer”, garantiu. Temer disse que é legítimo que a Boeing queira aumentar sua participação, mas não a ponto de ter o controle total da empresa. Temer comparou a Embraer à Petrobras. “A Embraer tem uma simbologia muito grande para o país, mais ou menos como a Petrobras”, disse sem descartar que uma parceria entre a Embraer e a Boeing seja realizada no futuro. O presidente também defendeu o controle majoritário nacional da empresa em entrevista publicada nesta segunda-feira (29) no jornal Valor Econômico.