Mostrando postagens com marcador Contratorpedeiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contratorpedeiro. Mostrar todas as postagens

domingo, 6 de agosto de 2017

Contratorpedeiro (D 26) MARIZ E BARROS: A Marinha do Brasil marca uma nova era para o Brasil na construção naval


Por: Redação OD

Primeira classe de Contratorpedeiros construído no Arsenal de Marinha da Ilha das Cobras (A.M.I.C.), atual Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), a partir de projeto e planos do Contratorpedeiro americano classe CASSIN, adquiridos da Marinha Norte Americana em 1937. Na impossibilidade de aquisição de planos junto à Inglaterra, recorreu-se ao Governo Americano que se prontificou a fornecer os planos do contratorpedeiro classe CASSIN, o mais moderno à época. As arquivos adquiridos mediante pagamento das despesas de material de desenho e trabalho de copistas ao custo de 64.500,00 dólares (1.290 contos de réis), em lugar de 400.000 dólares (8.000 contos de réis) caso os planos fossem adquiridos diretamente. Concomitantemente abriu-se em Nova Iorque, um escritório da Marinha para promover a aquisição de material para novas construções, o mesmo que se transferiu para Washington, posteriormente, Comissão Naval Brasileira.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

China desafia rivais asiáticos com um novo contratorpedeiro, a Type 055


Por: Redação OD

A China lançou às águas o seu mais recente navio de guerra, um contratorpedeiro de 10.000 toneladas inteiramente produzido no país, equipado com novo armamento também chinês. O navio, classificado com a designação de classe Type 055, "é o símbolo da armada na conquista da transformação estratégica", lê-se no site da marinha chinesa. "O contratorpedeiro está equipado com um novo tipo de defesa antiaérea, antimíssil e antissubmarino", acrescenta a mesma nota informativa.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Contratorpedeiro da US Navy USS Fitzgerald (DDG 62) colide com um navio mercante Filipino na costa do Japão


Por: Redação OD
A Marinha dos Estados Unidos informou nesta sexta-feira que um de seus contratorpedeiros colidiu no meio da noite com um navio mercante com bandeira das Filipinas a sudoeste de Yokosuka, e a guarda costeira do Japão informou que sete tripulantes norte-americanos estavam desaparecidos.