terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Aviador Naval é declarado piloto de combate pela Força Aérea Brasileira

O Comandante do Esq VF-1, Capitão-de-Fragata Brito (primeiro a esquerda) parabenizou o Capitão-Tenente pela formatura

Por: Redação OD

No dia 7 de dezembro, o Capitão-Tenente Alexandre Carvalho da Silva Anapurus, do 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), entrou em formatura ao lado de oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) para a cerimônia de declaração de Pilotos de Combate, nas instalações da ALA 10, em Parnamirim (RN). A cerimônia marcou o final de um período de dez meses, quando foi realizado o Curso de Especialização Operacional da Aviação de Caça, no 2°/5° Grupo de Aviação da FAB. O referido curso é o mesmo realizado pelos oficiais aviadores da Força Aérea e marca o início da formação do piloto de caça daquela Força.

É um curso de reconhecida dificuldade e com taxa de atrito elevada, onde os alunos são qualificados em todas as missões da aviação de caça podendo compor como ala, um elemento ou esquadrilha de vetores de interceptação e ataque. Os conhecimentos adquiridos pelos oficiais da Marinha do Brasil, ao término do curso, são de grande importância e contribuem para a elevação operacional do EsqdVF-1, mantendo a mentalidade de nossa Aviação Naval, além de incrementarem, sobremaneira, a interoperabilidade entre as duas Forças e o aprimoramento da doutrina e do emprego de aeronaves de alta performance.

FONTE: CCSM
Postar um comentário