quinta-feira, 5 de outubro de 2017

U.S. Marine furtou caminhonete para salvar pessoas durante massacre em Las Vegas

Imagem via WFMY News/ Las Vegas USA.
Por: Redação OD

O Marine Taylor Winston, de 29 anos, que serviu no Iraque, transportou entre 20 e 30 feridos para um hospital antes que as ambulâncias chegassem à cena, mas depois, estacionou veículo perto de onde o havia levado. Taylor Winston estava dançando com sua namorada entre uma multidão de 22.000 espectadores quando o atirador Stephen Paddock abriu fogo no 32º andar do Mandalay Bay Casino.


Taylo Winston, ex- US Marine, serviu no Iraque recentemente. Imagem pessoal do veterano.

Ele relatou que transportou várias pessoas em estado grave, que em um certo momento parecia estar em uma mini guerra com muito sangue e pessoas gritando, quando decidiu ajudar .  "Eu testei minha sorte para ver se algum deles tinha chaves nele. O primeiro que tentamos abrir tinha chaves. Coloquei pessoas na parte de trás e as em estado grave nos bancos traseiros. Winston, que disse que seu treinamento militar entrou em ação, rejeitou ser chamado de herói e agradeceu suas estrelas de sorte que ele não estava ferido. "Havia muita bravura e pessoas corajosas lá fora. Fico feliz que eu possa chamá-los de minha gente do país ".

Nota da redação:

De acordo com a lei de muitos países, o fato não implica em crime devido ao estado de necessidade de urgência para salvar vidas, e o mesmo devolveu o veiculo ao local que o encontrou sem danos. Acima de tudo, foi um ato de heroísmo, e, o mínimo que se espera de qualquer cidadão de bem em qualquer lugar do mundo.

Texto traduzido por Fagner Vinicius do Grupo "Tecnologia Bélica" Fonte: CBS/New York Daily News
Postar um comentário